MANEJO DE PASTAGENS NA PECUÁRIA DE CORTE

R$55,50

Autor: Sylvio Lazzarini.
Coautores: Herlon Menegelli Alhadas, Marcio de Souza Duarte.
Editora: Aprenda Fácil Editora
ISBN: 978-85-8366-090-3
Número de Páginas: 161

5 em estoque

REF: 0001#SEP#0600500481#SEP#U Categorias: , , ,

Descrição

A base da exploração pecuária brasileira deve ser o pasto. Afinal, o Brasil, país de clima eminentemente tropical, apresenta enorme potencial de produção de forragens, com possibilidade ampla de operar com elevado índice de lotação animal por unidade de pastagem, a um custo baixo e, portanto, com muita competência. Será preciso, entretanto, valer-se de todos os benefícios decorrentes dessa, digamos, vantagem competitiva. Não se deve esperar que o nosso país venha a converter-se em um dos líderes mundiais na produção de carnes bovinas sem resolver, em sua plenitude, a questão, crucial, do manejo das pastagens. É desse assunto que se trata o presente volume, elaborado por Sylvio Lazzarini, apoiado por sua equipe técnica para a coleção Lucrando com a Pecuária de Corte. Valendo-se de toda a sua experiência de pecuarista moderno, acostumado a lidar com as tecnologias orientadas para a sua eficiência e a qualidade da produção animal, o autor e a sua equipe se detêm no estudo da fisiologia das plantas forrageiras, na seleção das gramíneas e leguminosas, nos trabalhos de formação e reforma de pastos, nos diferentes sistemas de manejo de pastagens e na avaliação econômica dessas atividades. A obra é de leitura indispensável para quem quer avançar com segurança rumo à pecuária do século XXI.

 

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

CAPÍTULO I – PARA CONHECER MELHOR AS FORRAGEIRAS Morfologia das forrageiras: como elas são Os pontos de crescimento (gemas ou meristemas) Perfilhos Hábito de crescimento Fisiologia das forrageiras: como funcionam Gramíneas de clima tropical Influência do clima na produtividade dos pastos

CAPÍTULO II – AS PRINCIPAIS GRAMÍNEAS FORRAGEIRAS Gramíneas: alto potencial nos trópicos Capim-elefante Os panicum maximum As braquiárias O capim bermuda, o coast-cross e o tifton Os capins setária O capim andropógon O capim-jaraguá O pangola O capim-de-rhodes O capim-búfalo O capim-gordura O milheto ou pasto-italiano A aveia forrageira O azevém Outras

CAPÍTULO III – AS PRINCIPAIS LEGUMINOSAS FORRAGEIRAS Leguminosas: a busca da qualidade nos pastos Leguminosas tropicais herbáceas Leguminosas de inverno Leguminosas arbustivas

CAPÍTULO IV – O ESTABELECIMENTO DE PASTAGENS Primeiro passo: a escolha da forrageira Aquisição de sementes Análise do solo Correção do solo Necessidade de calagem Método de saturação por bases Método de neutralização da acidez trocável e elevação dos teores de Cálcio (Ca) e Magnésio (Mg) Escolha do calcário Incorporação e época de aplicação Quantidade de calcário Gessagem Preparo do solo Semeadura Plantio com mudas Pastagens com culturas acompanhantes: integração lavoura-pecuária (ILP) e integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF)

CAPÍTULO V – MANEJANDO AS PASTAGENS Princípios gerais Sistemas de Pastejo Pastejo contínuo Pastejo rotacionado Adubação de pastagens Nitrogênio (N) Fósforo (P) Potássio (K) Enxofre (S) Cálcio (Ca) e Magnésio (Mg) Micronutrientes A busca de uniformidade do pastejo Controle de plantas daninhas Manejo para entressafra

CAPÍTULO VI – PRAGAS DE PASTAGENS E SEU CONTROLE Cigarrinha das pastagens Práticas culturais Uso de forrageiras resistentes Manutenção de áreas de reserva natural nas pastagens Controle biológico Controle químico Cupins Iscas granuladas Termonebulização Outras pragas Cochonilha-dos-capins Lagartas Percevejo-das-gramíneas

CAPÍTULO VII – DISTÚRBIOS NUTRICIONAIS A PASTO Fotossensibilização Botulismo Intoxicação em pastos de tanner grass (braquiária-do-brejo) Intoxicação em pastos de sectária Hematúria enzoótica

CAPÍTULO VIII – COMPENSA INVESTIR EM PASTAGENS

Informação adicional

Peso 0.45 kg

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.